Monthly Archives: March 2015

Carnaval 2015, em Ouro Preto!

Recentemente foi celebrado o Carnaval de 2015 – meu primeiro carnaval no Brasil! Claro, a maior festa de carnaval que vêm à mente é no Rio… As escolas de samba, as baterias e as garotas que usam as fantasias únicas de carnaval… E logo, uma outra imagem vem à mente: as ruas cheias e a possibilidade grande de não encontrar vaga em um hotel ou hostel. 
Eu e Kiernan começamos planejando um pouco tarde: depois do ano novo é a época que todas aqueles que não planejaram “acordam” para o carnaval. Então, a segunda opção que decidimos foi ir a Ouro Preto.

Morros e morros! Subi, desci, subi e desci de novo.

Morros e morros! Subi, desci, subi e desci de novo.

A cidade de Ouro Preto é pequena e compacta. Há muitos morros e de qualquer morro pode ver pelo menos três igrejas antigas! A gente não pode entrar em todas, mas os interiores delas são muito parecidos. A natureza em volta da cidade é maravilhosa! Árvores e espaços verdes… Ainda tem as cachoeiras entre Ouro Preto e Mariana, a cidade vizinha.
Nós ficamos em Mariana: de ônibus é trinta minutos de Ouro Preto. Todas as tardes/noites nós fomos a Ouro Preto, para as festas e celebrações de carnaval (os ônibus funcionaram em todas os horários) 

Houve as maiores festas aqui.

Houve as maiores festas aqui.

A prefeitura de Ouro Preto organizou muitas bandas para tocar as músicas deles e de carnaval na cidade – em qualquer lugar pude escutar alguma banda. Não só teve bandas de samba, também teve rock, eletrônica, música popular e outras que eu não conhecia. Tinha vendedores das bebidas álcoholicas em cada rua, latas de cervejas jogadas em toda parte e também tinha barraqinhas de junk food. Apesar de lixo nas ruas, cada manhã as ruas estavam limpas! Deve ter tido limpadores das quatro horas da manhã até as nove horas para parecer limpo assim – muito impressionante!

Vi desfiles únicos e interessantes! Alguns têm uma bateria, alguns têm os cantores, alguns têm os manequins como acima.

Vi desfiles únicos e interessantes! Alguns têm uma bateria, alguns têm os cantores, alguns têm os manequins como acima.

Nas manhãs nós exploramos uma parte de Mariana ou Ouro Preto – caminhamos e subimos muito. Mariana tem uma linha de trem antiga, entre ela e a cidade irmã, que passa ao lado de uma montanha. Acho que tem uma vista deslumbrante dos vales. As igrejas são bonitas e eu fiquei surpresa que ainda usadas. Umas igrejas estão recebendo reformas, mas outras funcionam. 
As casas e os prédios das duas cidades são charmosos e singulares – a construção verdadeiramente me faz pensar em colonialismo e no mar também… Não sei porque o mar; talvez é porque eu, frequentemente, as casas similares nas cidades litorâneas na África do Sul.
Eu acho que as coisas mais bonitinhas são as fontes – elas ficam em lugares muito aleatórios, todas elas não têm nada de água (exceto uma), e têm aparências terriveis (terriveis no significado antiga da palavra) com as cobras espiraladas e os dragões. 

Eu estou muito feliz, porque neste tempo matar dois coelhos com uma cajadada só – visitar as cidades históricas e participar de um carnaval muito divertido! 

Advertisements

2 Comments

Filed under Brain farts & ramblings, I want to know about..., Travel bug